sexta-feira, outubro 27, 2006

Os jantares

continuam uma desgraça e o pior é que na escola também já começou a comer pior.
A carne, o peixe e os legumes não entram nem por nada, ou se entram saem a seguir, só arroz e massa é que estão autorizados a entrar.
A pediatra diz que é normal e também já o tinha interiorizado, pois, vejo, leio, experiencias semelhantes por aí, vamos aguardar 1 mês e ver como as coisas evoluem, pois as reservas de ferro tendem a baixar se não ingerir carne e peixe, quanto ao resto não há problema.

3 comentários:

Patrícia disse...

Ai ... ai estes miudos e os comeres e os sonos e os dentes e tudi tudi tudi :)))
É isso não te preocupes, como nós eles também as vezes nao lhes apetece comer!! Também já passei por isso e não foi facil faze-lo comer, mas também não a obrigues não quer ... não quer!!

Beijinhos

Ana disse...

Vou dizer-te o que o pediatra da minha Joana me disse na ultima consulta: "Há três coisas que não se deve obrigar ninguém a fazer: comer, dormir e fazer sexo". Isto foi dito por alguém importante que eu não apanhei o nome.

A verdade é que deixámos de tentar obrigar a Joana a comer desde esse dia, há uma semana e meia, e as refeições melhoraram radicalmente. Passou a comer melhor e até já chegou a pedir mais. Antes ela passava dias sem querer comer um bago de arroz que fosse, e eu andava numa pilha de nervos por causa disso, por ver que ela quase não comia.

Claro que as vitaminas que o pediatra receitou também devem ter ajudado a melhorar o apetite.


Bjs

Gi disse...

Obrigada ;)
Pois e até já começou a comer carne misturada com o arroz ;)
Eu não insisto, só lhe dou um biberon de leite ao deitar para ficar mais composta.
E parece que é mal de família e felizmente estamos cá e com saúde ;)